Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2007

Fanfics, fanfics e muito mais de fanfics

Até um tempo atras, uns cinco meses eu acho, eu nem fazia ideia de que existia um termo "Fanfiction", muito menos conhecia o universo dos fanfics, mas graças a se-chan e a comu Konosetsu numero 1 brasileira do orkut eu descobri o que eram fanfics...
Como diria alguem que não me recordo quem no momento, "aí cabô...". e Acabou por que foi só descobri o que eram fanfics que percebi que passei toda minha vida criando=os em minha mente inquieta!
Oras, mas por que eu estou fazendo todo esse discurso???? HE he...ara! eh por que estou criando meu primeiro fic de Negima! e, adivinhem..., eh um konosetsu (acho que saum as influencias...)!. Vai se chamar Mastered Negima e Vai ser um bocado longo (como se jah naum tivesse trabalho demais com Love Hina Return...). o que posso fazer? eh mais forte do que eu essa mania de inventar estorias....
Mas, como naum quero me restringir a um unico tipo de publico, estou querendo tambem finalmente botar no papel (ou melhor: no HTM…

Todas as faces de uma Filosofa Nada Anônima

Oi gente, essa semana que passou foi bem agitada na minha vida. Foram muitas emoções, mas não é hora de falar disso. Desta vez não vou começar o post com uma “poesia do caos” (como carinhosamente chamo minhas criações), vou apenas fazer um breve relato.

Era uma vez uma garotinha estranha (o inicio)

Era uma vez (uau...), uma garotinha estranha. Ela não era como as outras garotinhas, não admirava as cantoras turbinadas que rebolavam e faziam de tudo na mtv. Na verdade ela odiava essas cantoras (menos a Madona, afinal rainha é rainha!). A garotinha não perdia tempo lendo revistas de fofocas ou se preocupando com os “gatinhos” do colégio. Não que não se derretesse secretamente as vezes, mas...
Essa garotinha gostava de outras coisas. Ela gostava de musicas sombrias e escrever estórias em que personagens se dilaceravam em dores físicas e da alma. Essa garotinha não gostava de sol ou de alegria em excesso. Ela era mesmo bem diferente.
Mas, essa garota era muito diferente mesmo. Tão difer…

Vivendo a vida loka!

Oi pessoal! A vida é mesmo um turbilhão interminável de emoções e conflitos, e eu, na minha Nada humilde insignificância também não estou livre de mergulhar nesse mar de loucuras sem fim. Muita coisa acontece ao mesmo tempo nesses meus dias felizes e incomuns e pra começar esse post vai mais uma das minhas Nada famosas poesias de caos:

Sinto-me vazia ao olhar ao redor
E ver que sou diferente de todos
Os homens que correm de olhos vendados

Sinto-me feliz ao perceber que
Esse lugar não é meu
E que eu não sou mais deste lugar

Só fico triste em ver que
Tantos estão tão distantes
De abandonar o inferno de si

Mas, conforto-me:
É só uma questão de tempo

Acho estranho por que sei
Em breve terei que deixa-los,
É inevitável
Tudo acaba um dia

Mas, estranhamente
Não fico triste por isso

Pode demorar
Mas um dia eles vão seguir
Os passos que estou deixando
Na areia
Do tempo

Só tenho vontade de sorrir
E me divertir
Enquanto a noite não acaba.


Uau.....essa é bem dark não? Tem um leve toque (ou melhor, uma gigantesca tsu…