Pular para o conteúdo principal

Portal Otaku: sonho ou próximo passo?

Não há como negar que são muitos os otakus espalhados pelo Brasil. Com esse grande número de amantes dos animes, mangás e da cultura japonesa é natural que sites, blogs e fóruns que discutem ou geram conteúdo de interesse desse público se multiplique a cada dia. Fansubers sempre surgem para traduzir e disponibilizar novos e antigos animes, sites com j-music e anime musics, sem falar que em torno deles também existem os sites de grupos de rpg (é grande o número de otakus que também gostam de rpg afinal) ou mesmo games.

São tantos os blogs, sites, fóruns e afins que isso acabou, apesar de ser muito bom, por gerar um lado negativo muito evidente hoje em dia. Para se dar conta desse problema precisamos apenas nos fazer a seguinte pergunta: quem conheçe todos os blogs com conteúdo interessante sobre certo anime? E sobre todos os animes?

Para entender a dimensão desse questionamento, temos que pensar um pouco. Afinal, já existe tanto conteúdo, tantos sites realmente bons que ficou impossível conhecer todos com uma simples pesquisa no google. O resultado disso: muito conteúdo bom fica sendo desconhecido de boa parte do público. Iniciativas interessantes ficam sendo de conhecimento apenas da pequena parcela que seus divulgadores conseguem alcançar. No fim das contas não temos a mínima noção do tamanho da própria cultura otaku dentro do país. Sabemos que é enorme e diversificada, mas não temos como conhecer coisas novas tão facilmente assim.

Isso é bom, é ruim? Depende da opinião, mas acredito que a maioria dos otakus, se perguntada, diria que sempre quer saber de novidades. Eu particularmente fico abismada quando acabo encontrado um novo blog com postagens interessantíssimas que não fazia idéia que existia.

Bom, agora que entendemos a questão, talvez a pergunta que venha a mente seja "tá, eu entendi, mas.... pra que falou tudo isso??". Eu explico.

Se o conteúdo otaku está disperso na web, porque não criar um site, um portal, que, ao invés de produzir mais conteúdo, organizasse e divulgasse o conteúdo existente? Já pensou entrar em um site, digitar o nome de um anime, e aparecer a lista de todos os sites, fansubs, blogs e etc em português que já falaram ou falam desse anime? Tudo fácil, acessível e simples. Seria ou não muito útil e bom?

Claro que existe uma contrapartida um pouco indigesta para a maioria: fazer um portal desses seria um trabalho, no mínimo, digno de Hércules, impossível de ser feito por uma pessoa só ou por uma equipe despreparada e desorganizada. Sem falar que, mesmo para uma boa equipe, montar esse portal seria uma grande trabalheira e dor de cabeça em alguns momentos. E muito provavelmente é por isso que até hoje um portal com essa proposta não exista afinal.

Agora, o porquê deste post é exatamente este: um pequeno grupo de pessoas está tentando iniciar a construção deste portal (entre essas pessoas quem vos fala através deste blog, é claro) e precisamos de toda a opinião, apoio e pessoas disponíveis para embarcar junto nessa jornada que vai ser trabalhosa, mas com resultados que podem vir a ser bem satisfatórios.

Existem pessoas interessadas nisso? É o que este grupo precisa saber. É possível que este projeto vire realidade? Isso vamos saber apenas se tentarmos, afinal existem três fatores principais que influenciam no sucesso ou não dessa idéia.

Primeiro, a equipe, como já foi dito, que terá um enorme peso e responsabilidade. Segundo, o entendimento dos diversos sites otaku como hinata-sou, anime blade, mangasoul e etc, de que este projeto visa beneficiar todos os sites que tem conteúdo otaku, com sua divulgação organizada, o que vai ser bom tanto para o número de acessos dos respectivos sites como para o público que vai ter um caminho mais simples de encontrar o que gosta. E terceiro: a colaboração do público quanto a indicar sites que conheçam ou mesmo divulgar o projeto para seus conhecidos.

Não estamos de forma algum dizendo que é algo fácil e rápido produzir um projeto dessa magnitude, tão amplo, organizado, funcional e constante, mas é preciso começar para se saber onde é possível chegar, e este post neste blog é um pontapé inicial para discussões e colaborações que podem tornar este site possível.

Para dar mais alguma noção do que pretendemos alcançar com o portal, vou dar mais uns exemplos de seu uso. Será possível, por exemplo, encontrar sites de grupos de rpg pelo país, indicando de quem estado ele é e, obviamente, com linkagem para a página onde este grupo coloca suas atualizações (seja um blog, ou um simples email ou twitter). Já para grandes sites de notícias, estamos pretendendo fazer uma lista na home do portal com as últimas atualizações nestes grandes sites, e *como sempre será* linkagem para a página das notícias. Com uma estrutura bem organizada, encontrar sites com novidades de j-music ou mesmo a data da realização de eventos pelo país não será difícil (isso, ressaltando que as páginas em si, entenderão e permitirão essa indexação, afinal, para que precisaria haver alguma forma de rivalidade e boicote se a intenção é beneficiar ambos os lados?).

Bom, acho que eram estes os pontos que gostaríamos de esclarecer inicialmente, estamos entrando em contato com o público que podemos alcançar para saber o nível de aprovação e de apoio que o projeto tem. Para conversar mais diretamente sobre o projeto pode-se deixar um comentário ou (visando conversas mais profundas sobre colaboração) seguir o meu twitter para a troca de emails para conversa direta. meu twitter: http://twitter.com/LKMazaki

Por hoje, é isso. Volto amanhã com mais idéias absurdas, ou reviews para deixar um leve tom de normalidade nas postagens desse blog. Discordem, concordem, xinguem, elogiem, falam o que achar relevante, mas comentem!

Matta ne!

Comentários

  1. Eu gosto dessa ideia, apesar de achar ela abrangente demais para dar certo dessa maneira. Você conhece o site em inglês animenano.com? Ele é um site onde os donos de blogs sobre animes podem se cadastrar e serve com um diretório para tais.

    Existe uma ideia sobre isso, partindo de mim, apoiado pelo Juba do site Jwave.com.br, não sei se irá sair de papel, até por que ambos não entendem muito bem de criação de sites, o que impede muita coisa.

    Até o final do ano irá surgir um grande projeto iniciado por mim e pelo Leo, do blog Mithril.com.br, que em parte reflete um pensamento como esse.

    Apesar de achar que uma ideia tão abrangente não deve dar certo, dou todo meu apoio.

    Gyabbo!

    ResponderExcluir
  2. Lilian,

    Adicionei você no msn já para conversarmos melhor depois. Como você disse que não gosta de colocar email na internet assim, eu editei o seu comentário e retirei o seu email.

    Gyabbo!

    ResponderExcluir
  3. Ola, what's up amigos? :)
    In first steps it is really nice if someone supports you, so hope to meet friendly and helpful people here. Let me know if I can help you.
    Thanks and good luck everyone! ;)

    ResponderExcluir
  4. I have been scouting around at this web-site and have found it to be definitely useful. I would greatly get pleasure from all assistance.

    Not long ago, Louisville has emerged as a major gathering place for the health care and medical sciences market sectors. Louisville has been fundamental to developments in heart and hand surgery treatment as well as cancer cure. A few of the very first artificial coronary heart transplants were performed in Louisville. Louisville's blooming downtown medical research campus involves a completely new $88 million rehab heart, and a wellness sciences analysis and commercialization park that, in relationship with the University of Louisville, has lured nearly 80 best scientists and researchers. Louisville can be also home to Humana, one particular of the nation's most well known health insurance plan companies.

    Louisville is residence to various major corporations and organizations.

    ResponderExcluir
  5. Hi, as you can see this is my first post here.
    I will be happy to get some help at the beginning.
    Thanks in advance and good luck! :)

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

UQ Holder - o novo mangá de Ken Akamatsu começa com tudo!

A estréia de UQ Holder, nova obra de Ken Akamatsu se deu no mês de agosto deste ano de 2013 e foi cercada de grande expectativa: desta vez o mangaká tinha a intenção clara de fazer um mangá de ação desde o princípio.
Talvez no Brasil o trabalho de Ken Akamatsu não seja tão reconhecido quanto poderia. Sua imagem é muito marcada pelos fanservices de Love Hina. Muitos sequer chegaram a ler sua obra seguinte e de maior sucesso comercial: Mahou Sensei Negima. O plot de um menino cercado de 31 garotas também ajudou a aprofundar o preconceito de leitores que (no meu ver pessoal) parecem valorizar demais a sexualidade nos mangás, esquecendo de analisar outros aspectos como a comédia, e, principalmente, a qualidade dos personagens.


Ken Akamatsu é um mestre em criar personagens cativantes e Negima foi um grande sucesso quando conseguiu mesclar a comédia, esses personagens apaixonantes e uma dose de ação crescente. Lutas muito bem desenhadas estão nas páginas da obra de forma cada vez mais cons…

Sobre o que fala Suzumiya Haruhi, afinal?

Suzumiya Haruhi é uma série de light novels que já conta com 10 volumes e o suspense se irão haver novas publicações ou não. A história ficou mais famosa quando se transformou em anime e então a franquia caiu no gosto do público otaku pelos seus clichês cômicos, personagens carismáticos e uma dancinha viciante para viralizar. Porém muitos acabam julgando que a obra não passa de um entretenimento barato para otakus e que não possui nenhuma mensagem intrínseca. O que é um erro e eu vou dizer o motivo:

Qualquer obra, por mais comercial e batida que seja, pode conter em si uma mensagem, talvez supérflua, talvez profunda, mas não é por causa de questões visuais ou estilísticas que deve ser ignorada essa possibilidade.

Vou citar um exemplo de conhecimento mais comum no mundo do entretenimento para deixar mais simples o entendimento.

Matrix, o filme de 1999, é uma história louca sobre pancadaria alucinada entre realidade e mundo digital? Bom, essa pode ser a cara do filme, com seus efeitos …

Comentários sobre Planetes v.1

Olá a todos!
Esse ano de 2015 tem sido muito bom para leitores de mangá que também são leitores de ficção-científica. Grandes anúncios como Akira e o relançamento de Eden (ambos pela Editora JBC) são alguns dos principais nomes desse momentos, mas outros títulos de peso também chegaram às bancas. Esse é o caso de Planetes, mangá de Mokoto Yukimura, autor também de Vinland Saga (ambos publicados pelo selo Planet Mangá, da Panini).
Comentários sobre a trama



Em um futuro próximo, onde o desenvolvimento da exploração espacial já torna possível a construção de estações e bases em alguns pontos do Sitema Solar, em Planetes acompanhamos a vida de Hoshino Hachirota (ou "Hachimaki", como lhe chamam), um jovem astronauta que tem uma das funções de menor glória: lixeiro espacial. Um trabalho exigente e necessário, mas que não é dos mais gratos.
Temos, além de  outros dois tripulantes na nave Toy Box: Yuri Mihairokov, um russo que tem um motivo bastante distinto. Além deles temos a pilo…