Pular para o conteúdo principal

Review 2010 - Anime Songs

E estamos no fim de 2010! Por todos os lados todos falam sobre o que foi bom e foi ruim neste ano. Como o meu assunto favorito dentro do universo da animação japonesa são as músicas, também chamadas de Anime Songs, estou trazendo como primeira postagem de final de ano uma relação das Anime Songs que para mim foram mais marcantes neste ano.

Aliás, confesso que eu não conheci como deveria diversas anime songs, tanto que com uma ajuda também trouxe uma lista de indicações que me passaram. E estou aqui anunciando que a partir desta temporada Winter 2011 este blog vai trazer uma série de postagens de um novo tipo - OP-ED Review, onde vou trazer os vídeos de abertura e encerramento de cara uma das séries regulares e fazer alguns comentários sobre as impressões que elas causam. Afinal eu sei que tem muita gente que leva em conta as músicas para dar uma chance ou não à um anime.

Mas vamos deixar de papo e começar com a lista das que selecionei como as melhores de 2010! Lembrete importante: Se eu fosse usar meu fanatismo por K-On! totalmente nesta lista, ela teria pelo menos 10 músicas da série, porém só tem 3, então acho que é suportável xD

Está lista não está em nenhuma ordem de classificação, ok?

1 - Uragiri no Yuuyake - Theatre Brook - Durarara!!! OP 1

O que dizer de DRRR!!! ? O ritmo diferenciado e estilo dessa trama urbana se reflete também nas escolhas das músicas tema e dos vídeos, como percebemos bem neste OP. A segunda abertura, Complication, também é exelente, o vídeo até superior a primeira, porém como essa música foi a que marcou mais, fica na lista =)


2 - Pure Pure Heart - Houkago Tea Time - K-On!!

Você pode até pensar "Ela já vai começar com K-On!! !?" e eu respondo que sim e por um motivo - Pure Pure Heart é a minha "música do ano", sabe, aquela música que ficar marcada naquela sua idade e que depois quando escutar vai sempre pensar naqueles dias do tal ano? Pois é, a lista é minha e essa música está muito bom cotada, diga-se de passagem =)

(Não encontrei nenhum vídeo com a versão que aparece no sétimo episódio, então vai a full version)


3 - Hikari no Senritsu - Kalafina - Sora no Woto OP

Abertura do meu amado e odiado Sora no Woto, anime que foi grande decepção neste ano. Porém isso não me impede de ser viciada nesta canção. Que sonoridade legal!


4 - Tsumeato - Hibiku - Dance in the Vampire Bund ED

E quando um anime ruim gera boas músicas? Só nos resta aproveitar! Eu pessoalmente não consegui passar do primeiro episódio, mas a música é boa ainda assim =)


5 - Trust Me - Yuuya Matsushita - Durarara!!! ED 1

Voltando a DRRR e essa música merece isso. Durante boa parte do ano Durarara foi para mim o melhor anime do ano e, tirando K-On!!, ele ainda está neste posto aliás xD


6 - Fallen Angel - Aimee B - Panty & Stocking with Galterbelt

Opa, chegando a parte insana e perversa da lista! Panty & Stocking com certeza é um anime para dar folga ao seu cérebro, algo que ainda irei falar com detalhe aqui no blog, mas uma coisa que não se pode negar é a maravilhosa trilha sonora que possui. Para poucos olhos, mas para muitos ouvidos.


7 - Tenshi ni Fureta yo - Houkago Tea Time - K-On!! Insert Song 4

Essa música ficou conhecida como a "música para fazer chorar" da série e tem um instrumental tão simples e bonito que realmente ficou bem marcada neste ano de 2010 (lembrando sempre que é impossível existir uma lista definitiva, então não esqueça que está é a minha lista de anime songs deste ano =) )


Não chore, Azunyan!

8 - My Soul, Your Beats - Lia - Angel Beats OP

Com seus altos e baixos, Angel Beats também rendeu esta bela música. A única coisa que me incomoda é a Kanade (personagem ao piano) ser tão digital, a movimentação vetorizada dela me lembra até aqueles programas de vídeo como o Miku Miku Dance, isso realmente afeta.


9 - Future Gazer - fripSide - To Aru Kagaku  no Railgun OVA OP

Railgun é uma série exelente, cheia de músicas incríveis, porém como as melhores músicas ficaram na metade da temporada que passou em 2009, escolhi o tema do OVA recente para esta lista ^^

Desculpem, o áudio deste vídeo está um pouco baixo, mas como eu queria uma short size, acabei deixando este mesmo.


10 - Flying Humanoid - Shoko Nagakawa - Sekimatsu Occult Gakuin OP

Ainda não terminei de assistir esse anime, apesar de ter gostado até do que vi (ao menos consegue ser um pouco fora do clichê), porém essa música me faz sentir ainda mais culpada por não tê-lo visto inteiro ainda =)


11 - No Buts! - Mami Kawada - To Aru Majutsu no Index 2 OP

Eu não gosto de Index, justamente por apreciar demais a visão e narrativa de Railgun e as duas se contradizerem muito com o desenvolvimento da Misaka Mikoto. Porém não dá pra negar que a música é boa.


12 - DCity Rock - PSG - Panty & Stocking with Galterbelt Insert Song

Caramba, quando escutei essa música minha cabeça explodiu! Além disso as referências que esse videoclipe  inserido no episódio 10 da série (aliás, que fora isso é desastroso!) faz valem ainda mais assistir. Sem mais palavras, só..... Anarchy!


13 - No, Thank You - Houkago Tea Time - K-On!! ED 2

Eu tinha que terminar a minha listagem com a música que para mim foi a mais chocante ao escutar. O segundo ending de K-On!! tem todo um visual, fotografia e tratamento de videoclipe, mesmo tendo a mesma duração de um ending comum. É a Kyoto Animation ensinando como se faz uma banda fictícia de extremo sucesso.



Indicações

Bom, só finalizando com as músicas que me indicaram via Twitter. Obrigada Aironou, Antonio e Fernando Ursine. Alias, se eu tivesse visto a OP e ED de Soredemo Machi wa Mawatteiru antes, eu teria dado uma chance a série, afinal, que vídeos e músicas legais!!!


Sério, esse ED de Soredemo é demais!! Acho que me faz lembrar um pouco de Excel Saga, esse estilo de vocal.




Vamos torcer para que 2011 venha com ainda mais anime songs ótimas! E sonhar que os animes também sejam bons (apesar disso eu achar mais difícil)

Comentários

  1. Das músicas do seu post pra mim foram as melhores:

    Hikari no Senritsu
    No, Thank You
    D Rock City



    Fodas demais *-*

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

UQ Holder - o novo mangá de Ken Akamatsu começa com tudo!

A estréia de UQ Holder, nova obra de Ken Akamatsu se deu no mês de agosto deste ano de 2013 e foi cercada de grande expectativa: desta vez o mangaká tinha a intenção clara de fazer um mangá de ação desde o princípio.
Talvez no Brasil o trabalho de Ken Akamatsu não seja tão reconhecido quanto poderia. Sua imagem é muito marcada pelos fanservices de Love Hina. Muitos sequer chegaram a ler sua obra seguinte e de maior sucesso comercial: Mahou Sensei Negima. O plot de um menino cercado de 31 garotas também ajudou a aprofundar o preconceito de leitores que (no meu ver pessoal) parecem valorizar demais a sexualidade nos mangás, esquecendo de analisar outros aspectos como a comédia, e, principalmente, a qualidade dos personagens.


Ken Akamatsu é um mestre em criar personagens cativantes e Negima foi um grande sucesso quando conseguiu mesclar a comédia, esses personagens apaixonantes e uma dose de ação crescente. Lutas muito bem desenhadas estão nas páginas da obra de forma cada vez mais cons…

Sobre o que fala Suzumiya Haruhi, afinal?

Suzumiya Haruhi é uma série de light novels que já conta com 10 volumes e o suspense se irão haver novas publicações ou não. A história ficou mais famosa quando se transformou em anime e então a franquia caiu no gosto do público otaku pelos seus clichês cômicos, personagens carismáticos e uma dancinha viciante para viralizar. Porém muitos acabam julgando que a obra não passa de um entretenimento barato para otakus e que não possui nenhuma mensagem intrínseca. O que é um erro e eu vou dizer o motivo:

Qualquer obra, por mais comercial e batida que seja, pode conter em si uma mensagem, talvez supérflua, talvez profunda, mas não é por causa de questões visuais ou estilísticas que deve ser ignorada essa possibilidade.

Vou citar um exemplo de conhecimento mais comum no mundo do entretenimento para deixar mais simples o entendimento.

Matrix, o filme de 1999, é uma história louca sobre pancadaria alucinada entre realidade e mundo digital? Bom, essa pode ser a cara do filme, com seus efeitos …

Comentários sobre Planetes v.1

Olá a todos!
Esse ano de 2015 tem sido muito bom para leitores de mangá que também são leitores de ficção-científica. Grandes anúncios como Akira e o relançamento de Eden (ambos pela Editora JBC) são alguns dos principais nomes desse momentos, mas outros títulos de peso também chegaram às bancas. Esse é o caso de Planetes, mangá de Mokoto Yukimura, autor também de Vinland Saga (ambos publicados pelo selo Planet Mangá, da Panini).
Comentários sobre a trama



Em um futuro próximo, onde o desenvolvimento da exploração espacial já torna possível a construção de estações e bases em alguns pontos do Sitema Solar, em Planetes acompanhamos a vida de Hoshino Hachirota (ou "Hachimaki", como lhe chamam), um jovem astronauta que tem uma das funções de menor glória: lixeiro espacial. Um trabalho exigente e necessário, mas que não é dos mais gratos.
Temos, além de  outros dois tripulantes na nave Toy Box: Yuri Mihairokov, um russo que tem um motivo bastante distinto. Além deles temos a pilo…