Pular para o conteúdo principal

Spring 2011 - Isto não é um preview da temporada

Oi pessoal! Eu realmente estou dando mais algumas mancadas com o blog não é? Juro que dessa vez tem uma explicação plausível, que é o fato de eu ter passado as últimas semanas concentrada na reestruturação de outro dos blogs que eu participo, o Kono ai Setsu, que é um dos raríssimos blogs de opinião dedicado ao mundo shoujo-ai no Brasil. Bem, como a casa lá está agora mais organizada, aqui estou de volta!

Mas antes de falar da temporada ainda tenho mais um pequeno acréscimo pessoal a fazer - estou ligeiramente perdida com o Mundo Mazaki. O motivo é que nunca foi meu desejo fazer um blog de opinião da maneira mais comum e difundida (como os grandes MBBAnikenkai, Gyabbo ou Chuva de Nanquim, que eu adoro). Não que eu veja algo de errado neles, pelo contrário, somente tenho uma necessidade eterna de fazer algo um pouco mais incomum, com a minha forma de expressão. (Acho que só de estar falando isso já mostra um pouco isto, heh).

Mas enfim, enquanto a redatora realiza reuniões solitárias de auto-avaliação e planejamento do futuro para tentar finalmente encontrar um motivo que faça seu coração fazer #dokidoki ao postar, vamos ao assunto que interessa - a temporada de animes Spring 2011.

Chegou a primavera, o que você vai assistir?

Já estamos em Abril e a segunda temporada do ano já começou para grande parte das novas animações (apesar de outras ainda nem terem acabado, graças aos atrasos também relacionados a recente tragédia japonesa, como Mahou Shoujo Madoka Magica [apesar deste também se dever aos prazos sempre apertadíssimos da SHAFT]). Infelizmente (a minha preguiça) o tempo me impede de trazer a vocês um resumo de todas as séries e as minhas espectativas sobre elas.

Para quem precisar de um guia mais detalhado, eu indico as postagens no Gyabbo (primeira, segunda) e Mais de Oito Mil (leia com bom humor =) ). Vou aqui somente me ater às obras que eu irei acompanhar ou dar uma chance.

Dog Days - Aventura e Fantasia - 12 Episódios [Seven Arcs]

 Este eu comecei a assistir por pura falta de opções em um domingo à noite. A história, pelo que se entendeu no primeiro episódio é bem simples - um garoto com boas habilidades é convocado para o herói de um povo-cão (literalmente) em uma batalha (onde ninguém morre, parecendo mais uma daquelas gincanas de programa de televisão) contra um povo-gato.

Simples, simplório, nada pretencioso. Não espero muito mais do que alguns momentos de distração nos fins de semana que não tiver nada a mais para assistir (o que faz ter um sério risco de 'dropar' no meio do caminho). 

Ao menos tem BONS nomes na dublagem. Porque será que não me surpreendo da Hisaka Youko estar aqui também? Ah, claro, ela está dublando no mínimo mais quatro animes nessa temporada, como vem sendo desde a primeira temporada de K-On.



Nichijou - Comédia e Nonsense - 13 Episódios [Kyoto Animation]

Uma das duas comédias escolares mais típicas da temporada (a outra é A-Channel, que sequer entrou nessa listagem inicial). O estilo puxa muito ao aclamado Azumangah Daioh, então eu resolvi dar uma chance, mesmo sendo difícil para engolir comédia escolar.

Já assisti o primeiro episódio e, infelizmente, tenho que dizer que até agora estou bem desapontada. Não que tenha sido realmente ruim, só..... não me fez rir (acho que um anime nonsense é bom quando te faz rir loucamente, não?). Claro que tudo pode melhor com o passar dos episódios (afinal eu detestei Lucky Star a primeira vez que assisti....).

Vamos ver no que isso vai dar.



Maria+Holic: ALIVE - Comédia  e Nonsense - 12 Episódios [Shaft]

A GRANDE, MAGNÍFICA, ESPERADÍSSIMA E PERFEITA estréia desta temporada (PRA MIM). Sabe o que eu falei sobre um anime nonsense ser bom quando te faz rir loucamente sem parar? Pois é, isso foi a primeira temporada de Maria+Holic pra mim - risadas incontroláveis até o nível do choro (realmente). Por isso, não é por menos que eu estou esperando loucamente para assistir (talvez quando esta postagem for ao ar eu já tenha visto o capítulo 1!).

Shaft, Shaft... foi Maria+Holic que me apresentou o meu estúdio mais querido (Zetsubou Sensei, Madoka Magica, são tantos motivos para amar a Shaft...), aliás isso me lembra que ainda estou devendo um OP-ED Review da primeira temporada (cedo ou tarde, isso virá)

"Next();"!


C: The Money of Soul and Possibility Control - ? - 11 Episódios [Tatsunoko]

Como boa programadora de C, é claro que eu estou ansiosa para assistir este anime... sim, foi uma piada horrível de nerd, desculpem.

Este anime, que vai estar no poderoso (ainda que atualmente abatido... Eu disse que Fractale tinha tudo de Sora no Woto...) bloco noitaminA, chegou misterioso e causando muita curiosidade. O que se sabe agora é que a trama gira em torno do poder do dinheiro e... bom, tem um clima legal ne? Confesso que são só esses argumentos que estão me fazendo querer ver.

Ah, este aqui é o MAIS esperado POR TODOS (menos eu, que quero é ver Maria+Holic Alive). Estou ansiosa =D


Soredemo Machi wa Mawatteiru - Comédia - 12 Episódios [Shaft] (ei, agora que eu descobri que é SHAFT! )

Na verdade este anime aqui é de 2010 ainda (antes que algum otaku venha fazer mimimi), mas estou bem curiosa com este título que deixei passar na época graças a problemas pessoais e um mal momento meu com os animes.

Anime de maids com uma OP e ED magníficas... hm, isso deve ser divertido!



Bom, era isso. Provavelmente irei fazer alguns OP-ED Review em breve, mesmo de animes que não entraram nessa minha listagem. Espero conseguir finalmente resolver meus problemas de retardamento mental com minha vida de blogueira e poste mais seguidamente.

Mas e vocês, o que apostam ou desapostam nessa temporada? (Se eu fosse falar o que eu não fui com a cara.... ia dar um livro)


Comentários

  1. Saudações


    É... Esta temporada de animes aparenta ser melhor do que a anterior.

    Porém, é sempre bom esperarmos um pouco antes de enfatizar isso de forma 100% afirmativa ( ou não!? ).

    Pelos seus textos, você está esperançosa quanto à cobtinuação de Maria+Holic Alive. Mas confesso que este anime, na primeira temporada, não me agradou, ao ponto desta continuação não ser tão chamativa assim para mim.

    Mas isso é apenas quaestão de gosto e de opinião, certo?

    Quanto aos outros títulos por ti citados, Dog Days me surpreendeu positivamente, e Nichijou foi bem o que eu esperava ( tal como comentei no Twitter ).

    Mas faço parte da minoria quanto à [C], pois este anime não é o mais aguardado por mim ( *apanha* ).

    Ah...
    Não se desespere quanto ao que quer escrever no Mundo Mazaki. As referências você já tem ( vide os blogs que citaste ). Basta apenas aplicá-las à sua melhor forma, ok?

    Sucesso com o blog, e parabéns pela postagem.

    Até mais!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

UQ Holder - o novo mangá de Ken Akamatsu começa com tudo!

A estréia de UQ Holder, nova obra de Ken Akamatsu se deu no mês de agosto deste ano de 2013 e foi cercada de grande expectativa: desta vez o mangaká tinha a intenção clara de fazer um mangá de ação desde o princípio.
Talvez no Brasil o trabalho de Ken Akamatsu não seja tão reconhecido quanto poderia. Sua imagem é muito marcada pelos fanservices de Love Hina. Muitos sequer chegaram a ler sua obra seguinte e de maior sucesso comercial: Mahou Sensei Negima. O plot de um menino cercado de 31 garotas também ajudou a aprofundar o preconceito de leitores que (no meu ver pessoal) parecem valorizar demais a sexualidade nos mangás, esquecendo de analisar outros aspectos como a comédia, e, principalmente, a qualidade dos personagens.


Ken Akamatsu é um mestre em criar personagens cativantes e Negima foi um grande sucesso quando conseguiu mesclar a comédia, esses personagens apaixonantes e uma dose de ação crescente. Lutas muito bem desenhadas estão nas páginas da obra de forma cada vez mais cons…

Sobre o que fala Suzumiya Haruhi, afinal?

Suzumiya Haruhi é uma série de light novels que já conta com 10 volumes e o suspense se irão haver novas publicações ou não. A história ficou mais famosa quando se transformou em anime e então a franquia caiu no gosto do público otaku pelos seus clichês cômicos, personagens carismáticos e uma dancinha viciante para viralizar. Porém muitos acabam julgando que a obra não passa de um entretenimento barato para otakus e que não possui nenhuma mensagem intrínseca. O que é um erro e eu vou dizer o motivo:

Qualquer obra, por mais comercial e batida que seja, pode conter em si uma mensagem, talvez supérflua, talvez profunda, mas não é por causa de questões visuais ou estilísticas que deve ser ignorada essa possibilidade.

Vou citar um exemplo de conhecimento mais comum no mundo do entretenimento para deixar mais simples o entendimento.

Matrix, o filme de 1999, é uma história louca sobre pancadaria alucinada entre realidade e mundo digital? Bom, essa pode ser a cara do filme, com seus efeitos …

Comentários sobre Planetes v.1

Olá a todos!
Esse ano de 2015 tem sido muito bom para leitores de mangá que também são leitores de ficção-científica. Grandes anúncios como Akira e o relançamento de Eden (ambos pela Editora JBC) são alguns dos principais nomes desse momentos, mas outros títulos de peso também chegaram às bancas. Esse é o caso de Planetes, mangá de Mokoto Yukimura, autor também de Vinland Saga (ambos publicados pelo selo Planet Mangá, da Panini).
Comentários sobre a trama



Em um futuro próximo, onde o desenvolvimento da exploração espacial já torna possível a construção de estações e bases em alguns pontos do Sitema Solar, em Planetes acompanhamos a vida de Hoshino Hachirota (ou "Hachimaki", como lhe chamam), um jovem astronauta que tem uma das funções de menor glória: lixeiro espacial. Um trabalho exigente e necessário, mas que não é dos mais gratos.
Temos, além de  outros dois tripulantes na nave Toy Box: Yuri Mihairokov, um russo que tem um motivo bastante distinto. Além deles temos a pilo…